Digitaliza Negócios
persona

Tudo que você precisa saber sobre personas

Você conhece seu cliente? Sabe os gostos, dores, desejos, hobbies deles? Não?

Então você precisa começar a coletar esses dados agora, pois saber essas e outras coisas são essenciais para seu negócio.

Criar uma persona (ou mais) vai te ajudar a acertar em suas vendas cada vez mais. Isso é melhor do que saber somente informações básicas do seu público-alvo.

Outra coisa muito importante é saber a diferença do público-alvo para personas, pois são estratégias divergentes que no final traz muitas transformações para o seu negócio.

Neste artigo falaremos um pouco sobre o que é persona, qual a diferença entre ambos citados acima, porque criar, como fazer isso e muito mais.

Continue comigo e venha aprender um pouco sobre esse método…

 

O que é persona?

De acordo com a Hotmart, “Buyer persona é o nome dado ao público que o mercado digital visa atingir. A tradução literal de buyer persona é “cliente comprador”. Porém, no mercado digital, esse termo é traduzido como “cliente ideal” e, para encurtar, pode ser chamado apenas de persona ou avatar”.

Persona é uma ferramenta ou um método de segmentação de mercado. Este termo é amplamente usado em aplicações online e tecnológicas, bem como em publicidade, onde outros jargões como retratos de pena também podem ser empregados.

 

Qual a diferença entre persona e público-alvo?

Público-alvo é um segmento da sociedade movido por características em comum. Ele é uma representação bem ampla dos clientes que você tem ou pretende ter.

Por exemplo: mulher, 26 anos, classe média, brasileira, superior completo, formada em medicina, trabalha atualmente em um hospital.

Já persona, adquire as características do público-alvo, mas com informações mais pessoais.

Por exemplo: Júlia, 34 anos, mora em Campos do Jordão, interior de São Paulo, formada em Publicidade e Propaganda e trabalha em uma agência.

Agora vamos pôr informações mais pessoais…

Júlia gosta muito de fotografia. Aos fins de semana ela sempre fotografa a família ou os amigos por diversão, mas também cobre alguns eventos, como casamentos e aniversários quando a chamam.

Por ser de classe média e morar sozinha no interior e trabalhar bastante, ela não tem tempo de viajar para a capital para poder fazer um curso mais especializado.

Mas se tivesse um workshop ou palestra em sua cidade, mesmo que o custo fosse um pouco alto, ela pagaria, por gostar bastante e querer sempre buscar evoluir mais nesse ramo.

Viu a diferença da persona para o público-alvo? Na persona as informações são mais completas e especificas.

Por isso, se tiver dados mais completos sobre seu público, você pode direcionar melhor suas estratégias e, assim, ser mais útil para as pessoas.

Então, com a persona você pode obter melhores resultados do que se pensar somente em um público geral.

Mas, lembre-se, não crie muitas, pois poderá se confundir e não focar no que realmente necessita. Recomenda-se a elaboração de, no máximo, quatro personas.

 

Por que criar uma persona?

Criar uma persona é o passo principal para seu negócio, pois é um método que auxiliará em sua estratégia de marketing.

Você precisa saber os gostos, desejos e dores para que seu cliente ideal tenha o produto fornecido por você.

Com isso, terá um alcance maior de vendas do que se estivesse focando apenas em um grupo abrangente como o público-alvo.

 

Questões que ajudam a definir uma persona

Depois de entender o que é persona, por que criar uma persona e de levantar algumas informações preliminares, você precisará se orientar pelo perfil de seu cliente mais peculiar.

Ou seja, deverá ser guiado pela maioria para responder a algumas questões que vão ajudar a definir o perfil comportamental de sua persona:

  • Quem é o seu lead? (características físicas e psicológicas do responsável pela compra)
  • Que tipo de assunto interessaria a ele sobre o seu negócio?
  • Qual seu nível de instrução? Quais seus desafios e obstáculos?
  • Quais são as atividades mais comuns que ele realiza (tanto pessoal quanto profissionalmente)?
  • Que tipo de informações ele consome e em quais veículos?
  • Quais são seus objetivos, suas dificuldades e desafios?
  • Quem influencia suas decisões?
  • No caso de produtos B2B, qual é o tipo de empresa que compra a sua solução? E qual o cargo de quem compra?

 

Como criar uma persona

O próximo passo é detalhar o perfil do cliente a partir das respostas obtidas.

Com isso, você poderá unificar as informações e elaborar o personagem em um documento a ser disponibilizado para que todos na empresa possam se beneficiar do estudo que você fez.

Algumas características que são utilizadas para definir as personas:

  • Idade;
  • Cargo;
  • Hábitos;
  • Frustrações;
  • Desafios;
  • Hobbies;
  • Estilo de vida;
  • Hábitos de compra;
  • Onde busca informação;
  • Tecnologia mais utilizada;
  • Mídias preferidas;
  • Quais os critérios na hora da decisão da compra.

 

Como coletar os dados necessários para a criação da persona

Se você tiver essa possibilidade, entrevistar seus clientes pode ser a melhor forma de definir suas personas. Assim, você evita “achismos” da percepção interna da empresa.

Escolha pessoas, monte um roteiro para realizar entrevistas ou reunir grupos de discussão e pense na abordagem ideal.

 

Escolhendo as pessoas:

  • Observar quem são as pessoas mais ativas nas suas redes sociais, principalmente as que interagem com mais frequência;
  • Analise o perfil e postagens da pessoa. Dessa forma, já terá alguns dados e insights;
  • Veja seu banco de dados de clientes e selecione os mais frequentes ou aqueles que consomem mais seu produto;
  • Se o seu produto ou serviço é novo, peça indicações de contatos de pessoas que possam se encaixar no que você imagina que farão parte  do perfil do seu futuro cliente.

 

Montando o roteiro de perguntas:

  • Pense em perguntas básicas relacionadas aos dados para a criação das personas citadas acima;
  • Pense em um formato de conversa que seja fluida, não composta apenas por perguntas;
  • Deixe espaço para o entrevistado comentar outros assuntos, pois ele pode trazer informações interessantes;
  • Prepare-se para a possibilidade de insights e oportunidades de descobrir postos-chave para a construção de diferentes perfis.

 

Abordagem:

  • Escreva uma mensagem privada com perfil pessoal se apresentando;
  • Fale um pouco sobre o objetivo do contato e proponha uma conversa para saber mais sobre seus hábitos de compra;
  • Se possível, ofereça algum benefício como forma de agradecimento ao final;
  • O contato pode ser a distância ou presencial, pois o que importa é obter as informações que considera essenciais.

E aí, aprendeu mais sobre persona?

Agora que você já sabe tudo sobre persona, como criar, por que criar, espero que adote em seu negócio e acerte direto que o seu cliente deseja.

Me conta nos comentários se você já perdeu clientes por não saber quais seus desejos. Eu sempre quero saber =D

Espero que tenha gostado deste artigo, por isso nos diga abaixo quantas estrelas ele merece. Não vale menos que 5 estrelas, né? rsrs

Avalie este artigo
[Total: 0 Média: 0]

Misia Karoline

Inserir comentário

Ative o modo
noturno:

Escolha a fonte mais
confortável para você: