Digitaliza Negócios
o que é cta: call to action

O que é CTA? Como ter mais resultados com esta estratégia

Se você está começando a estudar sobre Marketing Digital, com certeza, já deve ter ouvido falar sobre esse termo e se perguntou “o que é CTA?”, “Para que serve?”, “Como posso usar isso?”, não é mesmo?

O CTA ou Call-to-Action é uma das ações mais eficientes no mundo do marketing, pois seu grande objetivo é incentivar uma tomada para ação.

Não importa se ela é usada para o processo de compra, para fazer com que alguém baixe um ebook ou para dar opiniões em algum post do Instagram, Facebook e blogs. O que você realmente precisa saber é que usá-la promove um maior engajamento em tudo que fizer.

No entanto, assim como em todo planejamento, existem alguns aspectos, táticas e conhecimentos que você terá que entender para deixar suas CTAs ainda mais eficientes.

Sendo assim, neste post, você saberá o que é CTA, para que serve, como fazê-la e como usá-la nos momentos certos.

Continua comigo que eu vou responder todas as suas dúvidas.

Vamos lá?!

 

Afinal, o que CTA?

A sigla CTA vem do termo em inglês “call to action”, que significa “chamada para ação”. Ou seja, ela é a responsável pela interação do seu visitante, lead ou cliente logo após a visualização de algum conteúdo que você produziu.

Geralmente, as CTAs podem aparecer em forma de botão, link ou texto e sempre estarão acompanhadas de palavras que induzam um indivíduo para uma ação.

Por exemplo, “Clique aqui e baixe gratuitamente”, “Escreva aqui nos comentários”, “Deixe seu like”, “Inscreva-se”, entre muitos outros termos persuasivos.

No entanto, você deve sempre se lembrar que uma call-to-action deve levar uma pessoa para o próximo passo do seu funil de vendas.

Por isso, é correto afirmar que este recurso é essencial na promoção e na incrementação das suas estratégias de marketing e de conteúdo, pois eles geram leads e aumentam o tráfego do seu site e do seu blog.

 

Para que serve uma Call-to-Action e qual sua importância?

Embora as CTAs sejam bastante usadas, em sua maioria, em sites de e-commerce e em estratégias de marketing de conteúdo, ela não é importante somente para essas áreas.

Uma boa chamada à ação também será fundamental em páginas de interação – ou redes sociais – e também será relevante no estímulo dos desejos certos na hora de converter alguém.

Além disso, ela também é responsável por uma maior permanência do visitante em seu site, levando-o aos outros conteúdos presentes em sua página e permitindo que ele adquira maiores informações sobre você e seu negócio.

Vale ressaltar que uma chamada para ação deve ser clara, objetiva e tem que cumprir com a promessa sugerida. Afinal, você sabe o quão desagradável é clicar em alguma página esperando uma coisa e encontrarmos outra totalmente diferente e irrelevante.

Por isso, você precisará usá-las da forma correta, através do meio certo e oferecendo apenas o que você pode entregar.

 

Estabeleça um objetivo para sua CTA

Saber o que é CTA é entender que ela serve para inúmeros objetivos, já que sua principal função é fazer com que um indivíduo reaja ao que foi pedido por você.

Veja, logo abaixo, uma lista de metas que você pode estabelecer ao usar uma chamada à ação:

 

Fazer parte de uma pesquisa

Ouvir o seu público é uma das melhores saídas para estreitar um relacionamento com eles. Esse pode ser o seu grande diferencial em uma conquista de vantagens em relação aos seus concorrentes de mercado.

Usar uma CTA para este momento funcionará perfeitamente para aquelas pessoas que compraram algum produto ou serviço seu e possuem uma tendência a se tornarem fiéis à sua empresa.

 

Seguir, curtir, comentar ou assinar posts em redes sociais, blogs ou vídeos

Se o seu objetivo é gerar mais tráfego em seu site ou ter mais comentários, curtidas e seguidores nas redes sociais, inserir uma boa call-to-action será ideal.

Em geral, a CTA é usada no topo do funil de vendas, para personas, que estão no momento de primeiros contatos com a sua marca para obter maiores informações que serão úteis para ele.

Por exemplo, se você possui um blog de moda, com dicas e materiais ricos e bem feitos acerca do tema, as chances de interação são bem maiores, já que o público que consome o seu conteúdo se identifica com você.

Isso fica ainda mais interessantes nas redes sociais, onde os botões de contanto são mais fáceis e práticos.

 

Encaminhar para uma página de conversão

Os profissionais do marketing digital consideram este tópico como a galinha dos ovos de ouro.

As páginas de conversão são as que contêm menos informações sobre algo, mostrando apenas alguns aspectos que direcionem os leads ou os leitores para realizarem a ação que você tanto deseja. Como no caso de um contato direto com um vendedor, por exemplo.

Por isso, o CTA certo pode ser o encurtador de caminho do seu funil e, se bem posicionado, renderá números grandes de conversões.

 

Baixar um material (ebooks, webnários, cursos ou treinamentos)

Mesmo que existam diversos formatos, o objetivo de todos os materiais ricos é o oferecimento de um conteúdo educativo, recheado de informações mais aprofundadas acerca de um tema específico.

Por isso, é muito comum vermos CTAs para estes tipos de conteúdo em blogs, já que ela atrai seus visitantes para uma etapa mais avançada em um estágio de compra.

 

Como fazer CTAs que convertem?

Para que as suas CTAs tenham uma ótima taxa de conversão, você precisa ter em mente alguns pontos específicos, como:

  • Como esse indivíduo chega à minha página?
  • O que ele está procurando?
  • O que ele espera encontrar?

Dessa forma, você conseguirá descobrir qual é o próximo passo no processo de conversão da sua estratégia.

São muitos os aspectos que ajudam na estrutura de uma call-to-action, como cores, design e configuração de texto. Pense também se a CTA será feita em forma de link, botão ou texto.

Vale ressaltar que não existe uma total consciência sobre qual é a cor mais adequada para os botões, por exemplo.

Observe qual é o tom que mais se encaixa com o contexto e qual traz o seu melhor contraste.

 

Dica extra: Não faça seu visitante pensar, seja direto!

É muito importante que você entregue uma navegação simples e direta, para que o seu público não fique perdido.

Por isso, para que a sua CTA funcione com precisão, você precisa ir direto ao ponto, fazendo o visitante agir de forma imediata e sem pensar muito. Não gere dúvidas.

Use comando simples, como “Baixe este ebook”, “Comenta aqui embaixo”, “Assine a newsletter” e “Deixe o seu like”.

Segundo Steve Krug, especialista em usabilidade na web e autor do livro “Não me faça pensar!”, você deve usar CTAs com mensagens simples e diretas.

Além disso, um outro conselho é sempre escrever sua call-to-action na primeira pessoa, como uma forma de agregar valores ao aceitar o que você ofereceu.

Por exemplo, “Quero saber mais sobre o mundo da moda”, “Desejo aprender mais sobre marketing digital” ou “Quero saber como ser mais produtivo no trabalho”.

Portanto, lembre-se que o grande trunfo é não fazer com que o seu visitante fique com dúvidas se ele deve ou não fazer o que você está sugerindo.

 

E aí, aprendeu o que é CTA?

Espero que este artigo tenha sanado suas dúvidas sobre o que é CTA e qual a importância dela para o marketing digital.

Mas agora é a minha vez de usar uma call-to-action, tá bem?

Me diz aqui nos comentários o que você acha sobre este assunto e se você usa o recurso em suas redes sociais, blogs ou site de vendas.

Aproveita pra avaliar o nosso conteúdo, dando 5 estrelinhas, afinal isso é bastante importante para que o conhecimento seja compartilhado.

 

Avalie este artigo
[Total: 1 Média: 5]

Tiago Mascarenhas

Estudante de Jornalismo, redator e apaixonado pela cultura Pop.

Inserir comentário