Digitaliza Negócios
marketing digital para pequenas empresas: computadores e celular sinalizando estratégia

Marketing Digital para pequenas empresas: 5 Estratégias para alavancar suas estratégias

Uma boa estratégia de Marketing Digital para pequenas empresas pode funcionar como um grande trunfo, seja para gerar leads ou melhorar o relacionamento com clientes. Veja, neste post, 5 passos para um planejamento seguro e eficaz.

marketing digital para pequenas empresas: computador fazendo referência a uma estratégia

 

Observando os inúmeros profissionais de marketing e empresas especializadas nos últimos tempos, concluímos que esse meio possui uma grande capacidade de impactar a vida das pessoas.

Segundo a American Marketing Association, essa área pode ser definida como uma “atividade, conjunto de instituições, habilidades e processos para criar, comunicar, entregar e trocar ofertas que tenham valor para clientes, parceiros e a sociedade em geral”.

E isso é incrível!

Você, como um profissional de marketing, consegue tocar milhares de pessoas. Mas sabemos que com grandes poderes vêm grandes responsabilidades.

Contudo, devido à velocidade em que essa área se atualiza, crescer e ter tantas habilidades não é tão fácil assim.

Sempre que pesquisamos algo relacionado ao marketing, parece que algo novo surgiu e algo antigo já não serve mais.

Isso acaba criando uma nova era de papéis do marketing.

Você, como marca, mesmo que esteja em seus primórdios, possui perspectivas únicas e isso te dá uma enorme vantagem ao se tratar de fornecer valor e conquistar pessoas.

E, por isso, para te ajudar a melhorar cada vez mais neste mercado altamente concorrido e, ao mesmo tempo, apaixonante, eu vou te mostrar 5 habilidades de marketing digital para pequenas empresas.

Vem comigo!

 

  1. Esteja sempre no caminho da aprendizagem

Se você já assistiu a saga Harry Potter, com certeza, sabe da história da Hermione Granger.

Diferente dos outros alunos da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, ela não nasceu no mundo dos bruxos, mas se esforçou, aprendeu tudo o que podia e devia e conquistou o seu lugar de melhor aluna da escola.

E essa é uma grande lição para você: nunca deixe de aprender.

O conhecimento não é uma qualidade que conseguimos aprender da noite pro dia. Isso requer tempo para desenvolvimento. São anos de pesquisa, checagem, erros e acertos, crescimento pessoal, auto-reflexões, até que se tenha o resultado esperado.

Lembra do artista Michelangelo? Ele mesmo falou que “ainda estou aprendendo”.

Aprender com constância e paixão pode ser uma das atividades mais revolucionárias que você pode exercer na vida.

A aprendizagem pode ser como o alimento para o nosso corpo, ela sacia a nossa mente.

Conhecimento nunca é demais. Lembre-se disso.

 

  1. Conte histórias

Muitos profissionais de marketing se consideram narradores de histórias, pois acreditam que a área tem esse papel de contar fatos pra que as pessoas possam se identificar ainda mais com um produto, serviço ou personalidade.

Em 2017, o Linkedin divulgou um gráfico que apontou que, 7% entre 8% de todos os profissionais de marketing cadastrados e ativos na plataforma se autodenominam como contadores de história. Esses dados foram retirados com base nas informações dos seus perfis, como descrição e habilidades.

marketing digital para pequenas empresas: gráfico do linkedin

Contar histórias não significa piamente que você deve dizer para o seu público o que os seus produtos e serviços são ou fazem.

A eficácia no storytelling envolve uma maior compreensão das emoções humanas e motivações de cada indivíduo.

Seu objetivo deve ser uma comunicação envolvente e autêntica.

Pense em como uma peça pode estar resolvendo um problema para os seus clientes.

Um bom profissional de marketing digital é aquele que sabe narrar histórias e resolver problemas.

Existem várias maneiras de contar uma história e uma das mais famosas é a The Story Spine, técnica usada e compartilhada pela Pixar Animation Studios, que lhe rendeu 19 Oscars, 9 Globos de Ouro e 11 Grammys.

marketing digital para pequenas empresas: tabela do the story spine

Era uma vez ___. Todo dia, ___. Um dia ___. Por causa disso, ___. Por causa disso, ___. Até que finalmente ___.


Você pode praticar essa fórmula com a história da sua empresa e dos seus produtos e serviços.

Em seguida, adeque para as suas peças e veja como ela funciona com o seu público.

Nós, como profissionais de marketing, devemos preencher todas as pequenas lacunas das histórias.

 

  1. Capriche no visual

Nós, humanos, somos seres visuais.

Boas equipes de marketing são capazes de fazer bons textos de vendas, com técnicas de copywriting.

Contudo, além disso tudo, são também ótimos designers – ou narradores visuais.

E são essas artes visuais que ajudam na hora de contar uma boa história.

A narrativa visual faz parte do grupo de habilidades dos profissionais de marketing que, em muitas vezes, possui pouca importância.

No entanto, ela exerce um papel muito importante no sucesso dos conteúdos.

Tenha em mente:

  • Elementos mais importantes têm prioridade
  • Crie um senso de harmonia
  • Ajude a guiar os olhos (linhas curvadas e linhas retas)
  • Use cores que passam emoções
  • Mostre uma personalidade
  • Conecte as cores com as fontes
  • Itens relacionados devem estar juntos
  • Não tenha medo de usar elementos

E, claro, seja criativo.

 

  1. Faça testes

Você já parou pra pensar em como as empresas conseguem ter tantas grandes ideias de marketing?

Bom, você precisa saber que toda boa campanha de marketing passou por pequenas e até grandes falhas até que desse certo.

O MVP, Minimum Viable Product, que quer dizer Produto Mínimo Viável, é um grande exemplo do mundo do empreendedorismo que serve para ajudar a melhorar os produtos.

Esse tipo de ação serve para testar hipóteses de negócios para que haja uma checagem se elas estão fazendo sentido ou não.

A mesma vale para o marketing digital para pequenas empresas.

Se a sua equipe de marketing não tem medo de falhar e está sempre disposta a executar vários testes diferentes para validar as ideias, as chances de acerto são muito maiores.

Por exemplo, digamos que queremos aumentar as vendas de um produto em 20% em dois meses.

Minha equipe de marketing se juntaria e debateria todas as diferentes formas que poderiam fazer, como anúncios em mídias sociais, melhorias nos produtos e serviços, elaboração de funis de venda, etc.

Após isso, daríamos prioridade para as ideias mais fortes e iniciaríamos os testes.

Com isso, no decorrer desse processo, nós analisaríamos e mediríamos os resultados e, ao longo do percurso, melhorias seriam incrementadas.

Portanto, se aproximar dos testes e experimentos é uma dica que te ajudará a chegar ao topo do marketing digital.

Além disso, ter uma mentalidade de crescimento também é fundamental.

 

  1. Métricas fazem parte do processo de crescimento

Você, como um profissional de marketing digital, deve estar em alguma escala de conhecimentos analíticos. Todos nós devemos ter noções das métricas dos projetos em que estamos envolvidos.

Hoje, existem algumas ferramentas que ajudam as ver os dados sobre sites, redes sociais, etc.

Entretanto, para deixar as informações mais claras, é preciso fazer boas perguntas. E essa é uma das habilidades de marketing que são imprescindíveis ao se tratar de análise de dados e marketing.

Você não precisa se preocupar com as respostas logo no início, basta ter os melhores questionamentos e, aos poucos, você vai tirando todas as dúvidas.

Pense assim:

  • Como estão as performances das minhas atividades de marketing?
  • Quais canais são mais engajados?
  • Quais estratégias estão contribuindo para tal engajamento?
  • Quais canais e estratégias podem ser implementados para aumentar o engajamento?
  • Quais canais não estão gerando retornos?
  • Quais canais deverão deixar de ganhar investimentos?

À medida que você se torna mais habilidoso com esses dados, sinta-se a vontade para ir mais fundo e tentar entender questões como: o que pode acontecer no futuro? Por que algo aconteceu?

Tudo isso poderá ser extraído com base em suas descobertas.

 

Gostou das dicas de Marketing Digital para pequenas empresas?

Muito obrigado por ter chegado até aqui. É muito importante buscar por esse tipo de conteúdo, pois, como falei lá no primeiro tópico, conhecimento nunca é demais.

Mas eu não quero ficar falando aqui sozinho, tá bem?

Me diz aqui nos comentários quais são as suas habilidades no marketing digital e como você enxerga esse cenário para quem está entrando nele. É difícil?

Até qualquer hora.

 

Avalie este artigo
[Total: 1 Média: 5]

Tiago Mascarenhas

Estudante de Jornalismo, redator e apaixonado pela cultura Pop.

Inserir comentário